quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Lazer Inclusivo SESI/RS - Barra do Ribeiro


Projeto Praia Acessível Para Todos no RS

No dia 27 de janeiro de 2013, na cidade de Barra do Ribeiro, aconteceu mais uma ação do projeto PRAIA ACESSÍVEL PARA TODOS, organizada pelo SESI – Serviço Social da Indústria com o apoio ONG CAMINHADORESRS. O projeto Praia Acessível Para Todos, teve a sua primeira ação aqui em nosso estado no ano de 2011 em janeiro, na praia de Tramandaí, onde o SESI/RS patrocinou todo o material e a ONG CAMINHADORESRS fez a operação, Na Barra do Ribeiro/RS participamos com cinco voluntários em que mais uma vez o SESI patrocinou o evento e ainda comprou mais cadeiras anfíbias novas do modelo Ipanema e oportunizou mais de 90 pessoas o banho assistido em Parra do Ribeiro.

Teve uma ação na cidade de São Lourenço do Sul onde uns grupos de meninas puderam tomar um banho de lagoa com as cadeiras do SESI.

Em 2011 a iniciativa de Tramandaí foi registrada pela TV Record com entradas ao vivo da atividade na praia com mais de 40 pessoas em cadeira de rodas ou mobilidade reduzida. Foi a primeira vez que o nosso estado conheceu as cadeiras anfíbias modelo Tropical produzidas pela empresa gaúcha Ortobrás/Rea Team e adquiridas pelo SESI. Em 2012 novamente voltamos à praia de Tramandaí como parceiros do SESI, e colaboramos com a realização de mais uma Praia Acessível Para todos.

Agora em 2013, o projeto acontece no balneário de Pinhal todos os finais de semana até o dia 17 de fevereiro.


A Missão da ONG CAMINHADORESRS é proporcionar atividades de inclusão social e divulgar as ações em que participamos e de outras entidades, ainda mais voltadas ao nosso público alvo que são pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

No evento de Barra do Ribeiro o SESI testou a esteira produzida pelas borrachas Mercur, desenvolvidas especialmente para o acesso a praia de pessoas que usam cadeira de rodas. Mais uma vez o SESI/RS levou uma nova tecnologia para o projeto Praia Acessível Para Todos que fez a diferença. A entidade que estava presente em Barra do Ribeiro foi a FCD - Fraternidade Cristã de Pessoas com Deficiência de Sapucaia do Sul que levou o maior esgrimista em cadeira de rodas das Américas, o atleta Jovane Quissone.

A ONG CAMINHADORESRS, fica a disposição para ser parceiro em outras ações organizadas pelo SESI.



Veja o link

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Cartilha sobre auxílio a pessoas com deficiência é lançada pelo governo do RS


Governo lança cartilha sobre como lidar com pessoas com deficiência


Secretário Fabiano destacou protagonismo das pessoas com deficiência - Foto: Caroline Bicocchi



Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística revelam que 23, 85% dos gaúchos apresentam algum tipo de deficiência, mas apesar do percentual elevado,  essa parcela da população, muitas vezes, sofre com a falta de informação dos seus interlocutores sobre suas limitações, e o desconhecimento sobre como lidar com elas. Para elucidar dúvidas e melhorar as condições dessa população, o Governo do Estado lançou, nesta segunda-feira (07) a cartilha ilustrada "Atitudes que Fazem a Diferença com Pessoas com Deficiência", em solenidade realizada no Palácio Piratini.
O manual de 34 páginas foi elaborado pela equipe técnica da Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades do Rio Grande do Sul (Faders), vinculada à Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH). A publicação traz uma parte introdutória com dados gerais sobre os serviços disponíveis no Estado para essa população, sobre acessibilidade e tecnologia, dados estatísticos e legislação. Em seguida, explica os diversos tipos de deficiência e aponta maneiras simples de lidar no dia a dia com pessoas que apresentam algum tipo de limitação.
Com uma tiragem inicial de 5 mil exemplares, a cartilha será distribuída, primeiramente, em órgãos públicos e enviada às administrações municipais gaúchas. Em breve, nova tiragem permitirá também que escolas e outros ambientes disponham da cartilha.
O governador em exercício, Beto Grill, destacou durante o ato, o trabalho da SJDH e da Faders na elaboração da cartilha e na implementação do programa RS Sem Limite, o plano estadual que contém ações voltadas às pessoas com deficiência. "Costumamos medir o desenvolvimento do Estado, por meio de obras e de recursos financeiros, mas acredito que só se mede verdadeiramente o desenvolvimento de um lugar quando há melhoria na vida das pessoas. E tenho certeza de que, nesses dois anos, ações como esta têm melhorado a vida dos gaúchos e gaúchas que mais precisam", afirmou.
No mesmo sentido, o secretário da Justiça e dos Direitos Humanos, Fabiano Pereira, destacou o protagonismo das pessoas com deficiência na elaboração das políticas públicas, citando o sucesso da conferência realizada, em 2012, com os representantes dessa população. "Um dos lemas das pessoas com deficiência é 'nada sobre nós sem nós', e é assim que buscamos a inclusão: construindo a cidadania juntos e garantindo oportunidades iguais a todos", acrescentou Pereira.
Já a presidente da Faders, Marli Conzatti, lembrou as iniciativas da presidente Dilma Rousseff, em benefício das pessoas com deficiência, como o lançamento do plano Viver Sem Limite. Ela citou que 32 municípios gaúchos já aderiram a versão gaúcha do programa e mais 60 devem fazer o mesmo no primeiro semestre de 2013.
Uma das frentes previstas no RS Sem Limite, segundo Marli, é disseminar a informação na qual se insere a cartilha lançada nesta segunda. "Este material ajuda a transpor aquelas barreiras que são fruto da desinformação. Todos nós possuímos limitações e habilidades intrínsecas e conhecê-las garante uma vida com mais dignidade e cidadania", afirmou Marli.
Representantes do Conselho Estadual das Pessoas com Deficiência, de entidades ligadas ao tema, da OAB e da Famurs estiveram presentes no lançamento da cartilha.
O livreto está disponível para download em arquivo PDF no anexo abaixo.
http://www.sjdh.rs.gov.br/upload/20130107175112cartilha_faders.pdf

Veja a matéria no link
http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/rbs-noticias/videos/t/edicoes/v/cartilha-sobre-auxilio-a-pessoas-com-deficiencia-e-lancada-pelo-governo-do-rs/2331886/



segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

PRAIA ACESSÍVEL NO BALNEÁRIO PINHAL.





Começou no sábado pela manhã, as ações de banho com cadeiras anfíbias para pessoas com deficiência física e mobilidade reduzida.
Na Praia de Pinhal.

O SESI - Serviço Social da Indústria está disponibilizando dez cadeiras apropriadas para o banho assistidas sendo cinco cadeiras no modelo Tropical e cinco cadeiras no modelo Ipanema, o mais novo modelo de cadeira anfíbia lançado no final do ano passado.
 As ações do Praia Acessível (Realizado aos finais de semana das 09:00hs às 12:00hs e das 15:00hs às 18:00hs), acontecem junto à área de esportes na Praça Alvimar Piere.






Agora são duas praias que tem as cadeiras anfíbias para receber as nossas veranistas com algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida.




Maiores informações do Praia Acessível do SESI: 080051 8555 ou pelo e-mail sesirs@sesirs.org.br

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Projeto Praia Acessível proporciona cadeiras anfíbias para as pessoas com deficiência



Um projeto piloto voltado às pessoas com deficiência foi implantado pelo Governo do Estado, no domingo (16), em Capão da Canoa, no Litoral Norte. Parte integrante das ações da Operação Verão Numa Boa, o Praia Acessível disponibilizará cadeiras anfíbias para as pessoas com deficiência entrarem no mar com segurança.


O teste do equipamento foi realizado no sábado (15) por funcionários da Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades (Faders), responsável pelo projeto, em Torres, durante o lançamento da operação. Mais leves e com pneus especiais para a areia, as cinco cadeiras compradas pela Fundação serão disponibilizadas às sextas-feiras, aos sábados e aos domingos, ao longo do verão, em Capão da Canoa, e os veranistas terão a ajuda de um salva-vidas.

"Temos o programa de geração de oportunidades e a ideia foi fazer uma praia acessível dentro do Verão Numa Boa e fazermos com certeza uma praia democrática, dando oportunidades a todos", afirmou o secretário da Justiça e dos Direitos Humanos, Fabiano Pereira, que acompanhou o teste das cadeiras em Torres.

O projeto Praia Acessível contempla ainda esteiras ecológicas, feitas por um funcionário da própria Faders, para facilitar o acesso dos cadeirantes à praia. A iniciativa, explica a presidente da Fundação, Marli Conzatti, faz parte do plano RS Sem Limites, voltado às pessoas com deficiência. "Em novembro do ano passado, a presidente Dilma lançou o plano Viver Sem Limites e o Rio Grande do Sul foi o primeiro Estado a aderir à proposta", destacou.

Texto: Jaqueline Silveira

Foto: Janete Jachetti

Edição: Redação Secom
http://www.rs.gov.br/noticias/1/108536/Projeto-Praia-Acessivel-proporciona-cadeira-anfibias-para-as-pessoas-com-deficiencia