quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Palestra aos futuros Guias de Turismo



Hoje pela manhã, a ONG Caminhadores apresentou o seu trabalho que realiza aqui em Porto Alegre sobre Acessibilidade e Turismo, aos alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus da Restinga - Porto Alegre, e futuros Guias de Turismo do nosso estado.


Na ocasião os alunos puderam conhecer um pouco mais de como podemos oferecer a excelência no atendimento aos turistas com algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida que é um mercado que cresce a cada ano.

A professora Eliane Martins Coelho, agradecemos a oportunidade de mais uma vez mostrar o trabalho da ONG Caminhadores RS, aos alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus da Restinga - Porto Alegre.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Palestra no IPA para os alunos do Curso de Turismo


Palestra no IPA para os alunos do Curso de Turismo

Hoje à noite palestrei para os alunos do Curso de Turismo –
Centro Universitário Metodista IPA.
Graças ao convite da professora Sabrina Dias, pudemos falar
aos futuros bacharéis do Turismo, da importância de conhecer
o trabalho da ONG Caminhadores, que realiza roteiros
turísticos para as pessoas com algum tipo de deficiência
ou mobilidade reduzida.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

I Encontro Regional do Esporte Paraolímpico do RS - 21/09



A Faders - Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades no RS, vem desenvolvendo desde 1999 a descentralização da política pública estadual para pessoas com deficiência e para pessoas com altas habilidades em todas as regiões do RS, através de fóruns permanentes, formação continuada, clínicas e oficinas, onde difundimos a política nacional do esporte, comitê paraolímpico brasileiro e, principalmente, o esporte e lazer para todos.

Pararelo a estas ações, estamos promovendo o “I Encontro Regional de Esporte Paraolímpico do Estado do Rio Grande do Sul; I Clínica de Voleibol Paraolímpico do Estado do Rio Grande do Sul e o I Curso de Formação de Árbitros de Voleibol Paraolímpico do Estado do Rio Grande do Sul”, considerando o paradesporto como uma das ferramentas mais eficaz para a promoção da qualidade de vida das pessoas com deficiência, promovendo a inclusão social no âmbito escolar, esportivo, recreativo, participativo e informativo.

Tema Central: Política Nacional do Esporte
Programas e Projetos voltados a Inclusão Social da Pessoa com Deficiência nas Áreas do Esporte e Lazer.

Eixos Temáticos:
Movimento Paraolímpico Brasileiro
CPB
Programas e Projetos nas Áreas do Esporte e Lazer do Ministério do Esporte voltado a Inclusão da Pessoa com Deficiência
Ministério do Esporte

Programação:
21/09
Local: Auditório da FAMURS
Rua Marcílio Dias, 574 - Menino Deus – Porto Alegre
Horário das Atividades
9h -10h Credenciamento
10h15 -11h Abertura Oficial do Evento
11h - 12h Palestra: O Significado dos Jogos Paraolímpicos, A Preparação do Brasil para 2016 e seu Legado (CPB).
14h - 16h Mesa Redonda
CPB; Ministério do Esporte.

16h15 - 17h30 Relato de Experiências:
Na ocasião pude palestrar apresentando o projeto da ONG Caminhadores e
o Esporte de Orientação adaptado.

"Turismo e Acessibilidade" é tema de palestra no IFRS - Campus da Restinga


"Turismo e Acessibilidade" é tema de palestra no IFRS - Campus da Restinga

Na segunda-feira, 23, os alunos do curso Guia de Turismo do turno da noite tiveram uma aula cidadã. É que a turma recebe Rotechild Prestes, presidente da ONG Caminhadores, que trabalha com o tema Turismo e Acessibilidade. Rotechild mostrará aos alunos experiências bem sucedidas de roteiros ecológicos voltados a um público que geralmente enfrenta diversos problemas em relação à inclusão social no campo turístico: as pessoas com necessidades especiais. Destinos como Porto Alegre, Gramado e Cambará serão apresentados sob o viés da acessibilidade.

Segundo O Manual de Acessibilidade publicado pelo Ministério de Turismo em 2001 e reeditado em 2006, entender a diversidade como inerente à condição humana deve ser regra e não exceção. O Turismo Acessível como forma de garantir a igualdade social deve ser uma ação efetiva do estado. O Manual apresenta os dados do Censo do IBGE (2000). Segundo o levantamento, no Brasil vivem 24,5 milhões pessoas com algum tipo de deficiência, cerca de 14,5% da população. Outro setor que pressupõe o tema da acessibilidade são pessoas com limitação ou redução temporária de alguma função física - idosos, gestantes, obesos etc. Em 2000, 8,6% dos brasileiros tinham acima de 60 anos, por exemplo. Tendência que deve aumentar nas próximas décadas em função do incremento na qualidade e expectativa de vida e na melhoria das condições socioeconômicas do país.

Segundo a professora do curso Guia de Turismo do Campus Restinga, Mirelle Barcos, a atividade representa o comprometimento da instituição pela busca constante pela melhor qualificação da aprendizagem dos alunos. A palestra busca também a conexão dos alunos com a 13ª Semana dos Direitos das Pessoas com Deficiência, que ocorre de 21 a 28 de agosto, em Porto Alegre.


Obrigado pela oportunidade de mais uma vez mostrar o trabalh da ONG Caminhadores rs, aos alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - Campus da Restinga - Porto Alegre.