terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Ministério do Turismo lança cartilha de acessibilidade



Depois do Manual de Orientações – Turismo e Acessibilidade/2006, lançado durante o Fórum Mundial do Turismo, em Porto Alegre e até o presente momento esse era o Instrumento de trabalho muito usado em minhas palestras e orientações aos interessados no assunto Acessibilidade no Turismo, para empresários o trade.

Agora o Ministério do Turismo lança cartilha “Turismo Acessível”, em quatro volumes, com os seguintes títulos:
Introdução a uma viagem de inclusão – vol. I.
Mapeamento e planejamento Acessibilidade em destinos turísticos – vol II.
Bem atender no turismo de aventura adaptada vol. III.
Bem atender no turismo acessível vol. IV.

O objetivo é adequar destinos e equipamentos turísticos para turistas com deficiência ou mobilidade reduzida.
Lançado durante o 2º Encontro Nacional de Segmentação, em Brasília, a cartilha “Turismo Acessível”. Em quatro volumes, o manual reúne informações sobre a legislação e direitos da pessoa com deficiência e, além de normas técnicas e orientações para promoção da acessibilidade em estabelecimentos turísticos.

A cartilha, elaborada em parceria entre o MTur, Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência (Avape) e Prefeitura Municipal de Socorro (SP), é destinada a gestores públicos e iniciativa privada. O objetivo é adequar destinos, roteiros e equipamentos turísticos para turistas com deficiência ou mobilidade reduzida. Os livros são resultado de um projeto piloto desenvolvido no município paulista de Socorro, que está sendo estruturado para se tornar destino referência no segmento de Aventura Especial.
O secretário Nacional de Políticas do Turismo, Airton Pereira, ressalta que esse é um mercado que pode e deve crescer. “São milhões de pessoas que querem viajar, tem poder aquisitivo para isso, mas não encontram produtos turísticos preparados para recebê-los”, enfatizou.
Para o ministro do Turismo, Luiz Barretto, o setor turístico é um importante meio de inclusão: “É fundamental que a gente tenha acessibilidade de forma integral. O turismo é universal, por isso estamos trabalhando com os municípios para que eles tenham acessibilidade nos atrativos turísticos. É um direito de todo brasileiro”.


Aqui em Porto Alegre, já vamos fazer uso deste belo material e aproveitamos o momento para parabenizar mais essa bela ação do MTur, Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência (Avape) e Prefeitura Municipal de Socorro (SP).

Nenhum comentário:

Postar um comentário